Clipping – O Alto do Uruguai – Cartórios gaúchos registram o segundo agosto mais mortal

Período teve 9.014 mortes, cerca de 1,2% a mais do que agosto de 2019; óbitos por Covid-19 registram aumentos consecutivos desde maio

O Rio Grande do Sul registrou, neste ano, o segundo mês de agosto mais mortal desde que se iniciou a série histórica de estatísticas dos Cartórios de Registro Civil brasileiros, contabilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2002. Os dados catalogados pelo Instituto, com base nos registros dos Cartórios até 2018 (última divulgação), comparados aos anos de 2019 e 2020, disponíveis no Portal da Transparência dos Cartórios, apontam um total de 9.014 óbitos no mês, 1,2% a mais que os 8.901 registrados em agosto de 2019.

O alto número de óbitos em agosto deste ano também é confirmado na pesquisa histórica Estatísticas do Registro Civil, do IBGE, que também utiliza como fonte primária os dados dos cartórios brasileiros. Em comparação, agosto de 2020 só perde para agosto de 2018 (9.072 óbitos). Em relação a 2017 (7.648) foram 17,8% a mais este ano, enquanto que na comparação com 2016 (7.953), o percentual de aumento em 2020 é de 13,3%.

Fonte: O Alto do Uruguai