Clipping – Estado de Minas – Com portas fechadas, cartório de protestos oferece serviços on-line

Estão disponíveis solicitação de cancelamento de protesto, certidões, pedidos de anuência, consultas e outros

Evitar a aglomeração de pessoas nos cartórios mineiros é uma das preocupações do setor em função do surto de coronavírus. Uma das medidas nesse sentido, anunciada pelo Instituto de Protesto-MG é a utilização de meios eletrônicos pelos interessados. Por meio do site www.protestomg.com.br, o cidadão será orientado a utilizar os serviços oferecidos pelos cartórios de protesto de Minas Gerais. Dessa maneira, em vez de ir pessoalmente ao cartório, bastará acessar o endereço virtual. Estão disponíveis a solicitação de cancelamento de protesto, solicitações de certidões, pedidos de anuência (comprovante de dívida paga), consultas, entre outros.

Segundo Leandro Pacífico, presidente ao Instituto de Protesto-MG, nesse momento é muito importante atuar para que as pessoas não tenham de se deslocar até os cartórios, evitando assim aglomerações. “Essa medida é importante porque proporciona a prestação dos serviços dos cartórios de protesto à população com toda a garantia legal e, ao mesmo tempo, contribui para que o vírus não se propague”.

O mecanismo funciona da seguinte maneira. Há uma Central de remessas de arquivos (CRA), ferramenta disponível no site do instituto, que permite que se possa dar início ao processo de cobrança de um débito. “Nesse caso, para quem já é cliente do instituto e que precisa receber uma dívida em aberto, pode utilizar esse sistema para ingressar com o protesto desse débito. É essencial, porém, ter um comprovante do valor a ser cobrado”, explica Pacífico.

No site, o cidadão encontra as informações necessárias para a realização de cada procedimento. Além disso, é possível conseguir a emissão de certidões de protesto, seja positiva, negativa ou de inteiro teor. O interessado recebe a certidão em casa – pelos correios ou assinada digitalmente, via e-mail.

No site estão disponíveis também os telefones de todos os cartórios de protesto do estado, além de um espaço para o esclarecimento de dúvidas. O serviço é oferecido de maneira gratuita, permitindo consultar também se há protesto em CPF e/ou CNPJ, sem a necessidade de cadastro de quem está consultando.

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Fonte: Estado de Minas