TJRN promove casamento comunitário neste sábado (14) no Santuário de Santos Reis (RN)

O Tribunal de Justiça do RN, por meio do seu Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS), realiza neste sábado (14), às 17h, casamento civil comunitário no bairro de Santos Reis, com a participação de 50 casais do bairro das Rocas. A cerimônia acontecerá no Salão Paroquial do Santuário de Santos Reis. O casamento é realizado em parceira com a Paróquia da Sagrada Família e faz parte das comemorações pelo 72º aniversário do bairro das Rocas, criado em 30 de setembro de 1947, pelo prefeito Sylvio Pedroza.

Até o final do ano, o NAPS oficializará 950 uniões civis em cerimônias comunitárias realizadas em parceria com municípios e cartórios. No dia 20 de setembro (sexta-feira), mais 300 casais terão a oportunidade de oficializar sua união civil, desta vez em Currais Novos.

Promovidos pelo programa Justiça na Praça, os casamentos comunitários gratuitos são um momento de promoção da cidadania, facilitando o acesso àquelas pessoas que não têm condições de custear os procedimentos junto a um cartório.

Além do momento marcante para os noivos, a Justiça faz a diferença promovendo o incentivo para que as pessoas fortaleçam seus laços afetivos e reconheçam e regularizem suas uniões civis, muitas já consolidadas na prática há anos, mas carentes do reconhecimento legal.

Calendário

Em julho, o TJRN oficializou 50 uniões, em evento no Iate Clube de Natal comemorativo aos 127 anos do Tribunal de Justiça. Após as edições no Santuário de Santos Reis e em Currais Novos, no dia 11 de outubro o TJRN e a Assembleia Legislativa promoverão casamento comunitário com participação de 100 casais, na Praça Sete de Setembro, em comemoração aos 30 anos da Constituição Estadual.

Em novembro, estão previstas duas cerimônias coletivas: dia 14 de novembro, em Areia Branca, com participação de 150 casais; e no dia 30 de novembro, em Pau dos Ferros, com a oficialização de 100 casamentos.

O calendário de casamentos será encerrado em Parnamirim, no dia 6 de dezembro, com a participação de 200 casais.

Fonte: TJ/RN