Clipping – Anoreg/CE – Seminário de RTDPJ acontecerá dia 4 de maio

Dia 4 de maio, na manhã de sábado, a partir das 8:30, o RTDPJ será tema de um seminário realizado em Fortaleza, na sede das entidades (R. Walter Bezerra de Sá, 55). Parte de uma série de eventos que têm como foco as diversas especialidades, o seminário terá a fala de Durval Hale (titular do 5º ofício de Registro de Títulos e Documentos do Rio de Janeiro) sobre “Notificação por hora certa” e de Rainey Barbosa Marinho (titular do 2º Ofício de Registro e Documentos e de Pessoas Jurídicas de Alagoas) sobre “RTDPJ: desafios e perspectivas”.

O evento é realizado pelo IRTDPJ-CE em parceria com a Anoreg-CE e o Sinoredi-CE, tendo o imprescindível apoio do IRTDPJ Brasil. O objetivo do seminário é diversificar os momentos de capacitação e aperfeiçoamento da categoria. Segundo Helena Borges, presidente da Anoreg-CE, no caso do evento do dia 4 de maio, o foco são questões práticas do Registro Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas, daí a escolha de temas como a notificação extrajudicial por hora certa, algo próprio da rotina dos cartórios com essa especialidade.

O currículo dos palestrantes é outro ponto forte da programação

Durval Hale
Durval Hale é titular do 5º Ofício de Registro de Títulos e Documentos do Rio de Janeiro – juiz de direito aposentado do TJ do Estado do Rio de Janeiro – ex-promotor de justiça do Estado do Rio de Janeiro – Professor Emérito da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército – ECEME ECEME – Ex-conferencista da EMERJ. Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro.

Rainey Barbosa Marinho
Rainey Barbosa Marinho é titular do 2º Ofício de Registro e Documentos e de Pessoas Jurídicas de Alagoas, já soma 30 anos de carreira cartorária. É presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Alagoas e do Sindicato dos Notários e Registradores do Estado de Alagoas. É, ainda, vice-presidente da Confederação Nacional dos Notários e Registradores. É membro da Academia Alagoense de Letras, com vários títulos publicados.

Para Cláudio Pinho, presidente do IRTPJ-CE, a ideia é reforçar também as ações voltadas a essa atribuição. “De forma prática, a ideia é criar esses momentos em que possamos nos encontrar, debater assuntos da categoria e também ter como norte o aperfeiçoamento profissional. Outro destaque é perceber a importância das ações feitas em parceria entre IRTDPJ-CE, Anoreg-CE e Sinoredi-CE. Esse trabalho em conjunto nos fortalece demais”, ressalta.

Fonte: Anoreg/CE