181010 PQTA Blog

Ministro Humberto Martins, corregedor Nacional de Justiça, fala sobre o Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR

O Corregedor Nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, é presença confirmada no XX Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro, reconhecido como o mais importante evento destinado a notários e registradores do Brasil. A ser realizado entre os dias 12 e 14 de novembro, na cidade de São Paulo, o corregedor participará da palestra magna de abertura do encontro.

Em entrevista exclusiva, o ministro fala sobre o Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR (PQTA), evento criado para auditar e premiar a excelência na qualidade dos serviços prestados à sociedade pelas serventias notariais e registrais de todo o País. A premiação tem apoio oficial do CNJ e será realizada durante o Congresso. Confira!

1 – Em 2017, o PQTA teve o acompanhamento da Corregedoria Nacional de Justiça e este ano novamente o órgão reintera a parceria com o prêmio. Qual é importância de manter este apoio para premiação?

Tudo aquilo que possa contribuir com a melhoria do serviço extrajudicial é de interesse da Corregedoria Nacional de Justiça. O Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR é uma iniciativa que vai ao encontro do trabalho da corregedoria, pois, além do prêmio, ajuda a disseminar boas práticas que possam inspirar outros cartórios na busca da excelência na gestão de sua serventia e na prestação dos serviços oferecidos.

2 – Os Critérios estabelecidos para avaliar as serventias se aproximam das 20 metas estipuladas pela Corregedoria Nacional de Justiça no I Encontro de Corregedores do Serviço do Extrajudicial. Quais são os benefícios de cumprir esses requisitos?

Precisamos de cartórios comprometidos com a eficiência e o aprimoramento do sistema extrajudicial. As metas estipuladas pela Corregedoria Nacional de Justiça foram elencadas a partir do levantamento dos principais problemas identificados durante as correições nos cartórios brasileiros. Com elas buscamos obter a padronização dos sistemas e regras em todos os cartórios, de forma a garantir uma equalização mínima de qualidade no atendimento que é oferecido nas serventias.

3 – Este ano o número de inscritos no PQTA bateu o recorde de todas as edições do evento. Na sua visão, há preocupação em atestar a eficiência e qualidade dos serviços extrajudiciais?

Acredito que essa elevação na quantidade de inscritos reflete que também é crescente o número de cartórios empenhados em aprimorar o serviço prestado e vejo isso com grande satisfação. O PQTA é uma forma de colocar essas boas práticas na vitrine e mostrar que é possível, com criatividade, boa vontade e persistência, aprimorar a gestão dos cartórios e entregar à sociedade um serviço mais eficiente e ágil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *