TJBA: Depois da prova oral, restam duas etapas antes da proclamação do resultado do concurso de delegatários

O concurso público de provas e títulos para outorga de delegações de serventias extrajudiciais da Bahia avançou, com a aplicação da prova oral, no último final de semana.


Segundo o desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, presidente da comissão do concurso, cerca de 90% do certame foi cumprido e faltam somente duas etapas, antes da proclamação do resultado, marcado para dia 25 de maio.


As duas próximas etapas serão as de entrega da documentação para avaliação de títulos, 11 e 12 de abril; e aplicação da perícia médica no tribunal, 13 de abril. “Antes disso, teremos, no próximo dia 4 de março, a sessão pública do resultado provisório da prova oral deste final de semana”, informou o desembargador.


“A aplicação da prova na sexta, sábado e domingo ocorreu dentro do programado, com muita lisura da parte do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cesp), responsável pela organização”, disse o presidente da comissão do concurso.


Participaram dessa fase do concurso, 1.150 candidatos, que foram avaliados por 17 bancas examinadoras, sendo cada banca constituída de quatro examinadores, com técnicos da Bahia, Sergipe, Pernambuco e Distrito Federal.


A avaliação de cada candidato durou cerca de 20 minutos, cada um respondendo a quatro perguntas. A prova foi realizada na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), na Avenida Paralela, nos três dias, das 7 às 19 horas.


O concurso está sendo realizado em decorrência da privatização dos cartórios, para o preenchimento de 1.383 vagas de outorga de delegações de serventias extrajudiciais de notas e de registro em todo o estado.


A Comissão de Concurso para outorga de delegações e serventias extrajudiciais está assim constituída: desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, juíza Maria Verônica Moreira Ramiro (Presidência); juiz Paulo Sérgio Barbosa de Oliveira (Corregedoria Geral); juíza Ângela Bacellar Batista (Comarcas do Interior); Francisco Bertino Bezerra de Carvalho (OAB); Maria Helena Porto Fahel (MP); Avani Maria Macedo Giarusso (representante dos registrados) e Walter Da Silva Reis (representante dos notários).

 

Fonte: Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA)

Salas Temáticas

Rede Anoreg

Redes Sociais

PARCEIROS

Ouvidoria

Youtube Anoreg-BR Twitter Anoreg-BR Facebook Rares RSS Anoreg-BR Flickr Anoreg
Política de Privacidade - Copyright 2000 - 2016 ANOREG/BR - Todos os direitos reservados
ANOREG/BR: SRTVS Quadra 701, Lote 5, Bloco A, Salas 601/604 - Centro Empresarial Brasília
CEP: 70.340-907 - Brasília-DF / Telefone: (61) 3323-1555 - Fax: (61) 3226-5073 - anoregbr@anoregbr.org.br